Vocês, Gerentes de Projetos, trabalham efetivamente com os Analistas de Negócios?

Por em maio 19, 2014 - Visualizado 1627 Vezes

Não importa se o seu projeto é grande ou pequeno, mas como um Gerente de Projeto, você com certeza se encontrará em algum momento trabalhando com um Analista de Negócios.

Um Analista de Negócios na equipe do projeto vai ajudar você a entender como o projeto contribui para a empresa como um todo e vai garantir que você obtenha uma solução de alta qualidade, que trabalhe para alcançar os objetivos estratégicos e táticos. Que gerente de projeto não quer isso?

Trabalhar em direção de algo que realmente agregue valor ao negócio deve ser o objetivo de todo Gerente de Projeto, por isso, se algum Analista de Negócios lhe oferecer ajuda…aproveite!

projetoO papel de um Analista de Negócios pode variar de alguém que identifica os requisitos até alguém que contribui em nível estratégico sênior através de um portfólio de trabalho e que avalia soluções antes de elas se tornarem projetos, para garantir que a empresa invista de forma sensata.

Aqui estão algumas dicas para uma relação de trabalho eficaz:

1 – Aprecie e concorde com o que o Analista de Negócios tem a oferecer:

O Analista de Negócios e o Gerente de Projeto tem ambos os papéis claros para desempenhar em um projeto, agregando valor para ajudar a atingir a solução final de forma que atenda a todos os requisitos do cliente. No entanto, é muito importante que todos na equipe do projeto tenham ciência destes papéis e responsabilidades.

O Analista de Negócios tem um papel a desempenhar em todo o projeto, mas principalmente no início. Enquanto o Gerente de Projeto está passando pelo processo de iniciação do projeto, o Analista de Negócio pode trabalhar em paralelo para definir os requisitos.

O analista entende as circunstâncias dos negócios que levaram a este projeto que está sendo priorizado em primeiro lugar, e ele pode apoiar o projeto durante todo seu ciclo de vida. Ele também pode ser a voz do cliente, quando o cliente não está presente, e ajudar a traduzir as necessidades em um escopo do projeto que será entregue futuramente.projeto2

Há um outro momento chave em que a participação do Analista de Negócio torna ainda mais importante do que o normal: teste. O Analista de Negócio será capaz de controlar se os requisitos foram atingidos de forma adequada e aconselhar o cliente e a equipe do projeto durante a fase de testes.

Como todo analista é diferente, e cada organização espera coisas diferentes de suas equipes de analistas, você terá que definir papéis e responsabilidades com estes profissionais cada vez que tiver um projeto.

2 – Faça planejamento do trabalho do Analista de Negócio

O cronograma do projeto é a principal ferramenta do Gerente de Projeto. Ele define exatamente o que será feito, quem o fará e o quanto as atividades mais longas vão demorar.
Se você estiver trabalhando com um Analista de Negócios , certifique-se de que você inclua todo o trabalho de Business Analysis em sua programação.

3 – Comunique-se regularmente

Pode parecer que um Analista de Negócios e um Gerente de Projetos trabalham de maneiras completamente diferentes. Em alguns projetos pode até ser o caso, mas em projetos onde a relação deve ser mais efetiva deve-se
trabalhar em parceria e comunicar regularmente.

Um Analista de Negócios deve comparecer em todas as reuniões da equipe do projeto uma vez que eles sempre têm algo relevante e valioso para dizer. Eles também podem se envolver nas reuniões de lições aprendidas e será provavelmente a pessoa no time mais próximo dos usuários de negócios e com a melhor compreensão de como o projeto irá afetá-los.

4 – Trabalhar em parceria nos riscos

A gestão de riscos é frequentemente vista como um processo de gerenciamento de projeto fundamental, porque a falta de gerenciamento de riscos de forma adequada pode dificultar ou até mesmo impedir um projeto.

O Analista de Negócios também pode contribuir enormemente para as atividades de gestão de risco, porque ele vai ter uma grande compreensão do impacto do risco para o negócio e também será capaz de identificar riscos que talvez outras pessoas da equipe de projeto não identifiquem. Envolva-o na gestão de risco o mais cedo possível!

5 – Gerencie mudanças coletivamente

O Analista de Negócios, estando perto dos usuários de negócios, pode ser de uma ajuda inestimável para o restante da equipe do projeto para compreender as mudanças que estão sendo levantadas, a lógica por trás delas, o impacto no projeto e na preparação de uma recomendação sobre se esta mudança deve ser ou não aceita. Se a mudança for aceita, o Analista de Negócio pode documentar os requisitos e ajudar o Gerente de Projeto entender o que precisa mudar na programação para acomodar os novos planos.

Os analistas são profissionais com grande capacidade de comunicação que podem apresentar ideias complexas de forma clara. Eles são excelentes solucionadores de problemas e podem analisar situações difíceis e por esta razão eles são um grande trunfo nas equipes de projeto, especialmente em ambientes onde a mudança constante é uma norma.

Agora pense em seus projetos e responda: você envolve o Analista de Negócios da sua empresa em seus projetos? Talvez seja hora de envolve-lo!


Fonte – ESI INTERNATIONAL CENTRE OF EXCELLENCE

A ESI INTERNATIONAL é líder global em soluções e treinamentos corporativos em Gestão de Projetos, Gestão Comportamental de Projetos, Gestão Ágil de Projetos, Gestão de Programa, Gestão de Contrato, Análise de Negócios e Habilidades de Negócios.

www.esi-intl.com
www.esi-intl.com.br

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

InspectorWordpress has prevented 1110 attacks.