Apple faz lançamento discreto do Apple Watch

Por em abril 29, 2015 - Visualizado 861 Vezes

A Apple realizou na última sexta-feira, 24 de abril,  o lançamento do Apple Watch. O aparelho está à venda somente em algumas lojas luxuosas espalhadas pelo mundo, mas não nas lojas da empresa como tradicionalmente.

A empresa optou pela estratégia de vender o relógio em lojas de grife em Los Angeles, Londres, Tóquio, Paris e online, para eliminar as longas filas em frente às lojas da Apple que sempre caracterizaram os lançamentos de novos produtos da marca.

Na sexta-feira, na loja da Apple em Palo Alto,  cidade de San Francisco (Califórnia), lugar que foi a residência de Steve Jobs, pouco antes da abertura, às 10h, somente algumas pessoas esperavam que a loja abrisse e apenas dois estudantes de marketing da cidade de San José afirmaram que a espera era para experimentar o relógio.

À Agência Efe, Vicki Lee, estudante da Universidade Estadual de San José disse “Estou interessada em comprar o relógio, mas também em ver a estratégia de marketing utilizada para o lançamento”.

Na loja, um funcionário avisava que os interessados poderiam experimentar um dos 38 modelos disponíveis do relógio e fazer o pedido posteriormente pela internet.

A pré-venda iniciou em 10 de abril, e alguns analistas mencionados pela CNN estimaram que a Apple vendeu mais de 950 mil relógios nos Estados Unidos nesse mesmo dia. A análise da empresa FBR Capital Markets prevê que a Apple venderá 20 milhões de relógios somente este ano.

Não parece ser tão difícil, pois o aparelho lançado na sexta-feira ao mercado americano e a mais oito países já conta com mais de 2,3 milhões de unidades vendidas. Em todo o ano passado, os relógios inteligentes com Android Wear tiveram 720 mil vendas. Ou seja, apenas durante a pré-venda, a Apple foi capaz de vender mais que o triplo de aparelhos com o sistema do Google vendidos em 2014.

Lucas Ray, um programador estabelecido em Palo Alto, foi um dos clientes que foi conferir o relógio na loja: “Acho que comprarei o modelo esportivo, que é também o mais barato”, afirmou Ray. Ele disse ainda que está curioso para conhecer todos os aplicativos desenvolvidos para ele.

A Apple afirmou que já há mais de três mil aplicativos disponíveis para o Apple Watch e que eles foram especificamente desenhados para funcionar corretamente na pequena tela do Apple Watch.

O Apple Watch, um relógio quadrado de bordas arredondadas e tela touch, permite, quando usado junto com o iPhone, navegar pela internet, ler e-mails, ouvir música, ah… e também  fazer ligações. O usuário pode também supervisionar as calorias consumidas ou o ritmo cardíaco durante uma sessão de exercícios.

Foram lançados vários modelos fabricados em plástico, aço inoxidável e ouro, com preços que variam entre US$ 349 e US$ 17 mil. O mais caro é a edição de luxo em ouro 18 quilates.

Fabricantes de aparelhos móveis como Samsung, LG e Motorola já apostaram nos relógios inteligentes, um dispositivo que faz parte da categoria informática de vestir e que tem sido um segmento muito disputado. Segundo a companhia Rock Health, em 2014 foram investidos (capital de risco) US$ 280 milhões ano passado em tecnologia vestível com biossensores, valor muito acima dos US$ 50 milhões em 2011. A agência de pesquisa de mercado IDC prevê que sejam vendidos mais de 111,9 milhões de dispositivos vestíveis em quatro anos.

Veja a seguir uma lista de aplicativos disponíveis para Apple Watch.

1Password: O 1Password é um aplicativo para organizar no iPhone todas as suas senhas e dados pessoais de identidade. O app guarda de maneira segura informações importantes do usuário e o ajuda a fazer login em diversos sites. Agora, com o Apple Watch, o usuário consegue ter acesso a todas as senhas que salvar no app diretamente pelo pulso.

Seven – 7 Minute Workout: O “Seven – 7 Minute Workout” é um aplicativo gratuito que ajuda o usuário a praticar séries curtas e diárias de exercícios. O aplicativo é bem simples de ser usado e funciona da seguinte forma: basta que o usuário selecione o tipo de exercício que quer fazer e quantos ciclos de 7 minutos pretende completar. Em seguida, uma série de exercícios como polichinelos e flexões começa. Agora com o Apple Watch, o usuário poderá acompanhar a duração das atividades pelo pulso.

Do Button: O Do Button é um aplicativo lançado pelo IF (antigo IFTTT) que ajuda o usuário a programar até três tarefas para serem executadas a partir de um único botão. Entre as opções estão, por exemplo, “apagar as luzes de casa” ou “enviar uma DM (mensagem direta) no Twitter para alguém quando chegar em determinado lugar”. Na versão do app para Apple Watch, esses botões podem ser acessados pelo usuário com mais facilidade.

Flipboard: O Flipboard é um dos melhores apps para leitura de notícias em dispositivos móveis e também está disponível para o relógio inteligente da Apple. Nessa versão reduzida do programa, é possível ler textos dos canais escolhidos pelo usuário e até compartilhar essas matérias com amigos.

Foursquare: O programa é voltado para a sugestão de lugares, principalmente, restaurantes e bares, alinhados com o gosto pessoal do usuário. Na versão do programa para Apple Watch, o usuário consegue carregar uma lista de estabelecimentos próximos e até traça rotas para chegar ao local.

Instagram: Uma das maiores redes sociais de compartilhamento de imagens também está disponível para o Apple Watch. Na versão do programa para o relógio inteligente, é possível ver a timeline com as fotos publicadas por outros usuários e há também uma ferramenta para escrever comentários.

Power Point: O Power Point chegou ao sistema iOS em junho de 2013 e em abril de 2014 recebeu uma versão otimizada para iPads. Agora, em abril de 2015, o programa recebeu uma versão específica para o Apple Watch que permite controlar apresentações de slides em execução em outros aparelhos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

InspectorWordpress has prevented 168 attacks.